Remarketing do Facebook
Internet mais rápida com Google, Microsoft e Mozilla

Uma parceria entre engenheiro do Google, Apple, Microsoft e Mozilla poderá acelerar em até 20 vezes o acesso a sites usando os navegadores dessas empresas – que completam uma maioria esmagadora dos computadores, tablet e celulares do mundo.

Atualmente, a linguagem JavaScript é a mais utilizada na programação de internet e é utilizada na criação da maioria dos site atuais. Entretanto, o navegador do Google e da Mozilla já alcançaram seu nível máximo possível, o que indica que não deveremos ver melhoras significativas no carregamento das páginas e conteúdo web, o que fez com que esses engenheiros pensassem e buscassem como superar essa barreira. Eis que então eles estudam um novo padrão, o WebAssembly.

O grande aumento na velocidade se dará devido ao fato do novo código ser do tipo bytecode. Ou seja, sua programação será feita a nível binário, numa linguagem que qualquer dispositivo conseguirá entender.

Entretanto, não veremos tão cedo essas novidades. Devemos destacar que o WebAssembly ainda está dando seus primeiros passos e detalhes desses novo padrão ainda precisam ser decididos, então não deveremos nosso navegadores mais rápidos em um curto espaço de tempo.

A título de curiosidade, esta não é a primeira vez que gigantes da internet se unem para ver o mundo virtual mais rápido. Apple e Mozilla estão empenhadas desde o começo deste ano em melhorar o protocolo HTTP2, iniciado pelo Google em 2009, mas que deixaram de lado. A grande diferença desta vez é que a Google e Microsoft estão empenhados desde o início do projeto e trabalhando em todos os detalhes como se fossem uma única equipe.

Os analistas avaliam que esta cooperação trazem mais credibilidade ao projeto e analisam que as chances dessa empreitada ter êxito é enorme.

Publicado em 29.06.2015